Resumo - Gênesis Cap. 3 e 4

Dentre os animais havia um mais astudo, a serpente, ela induziu a mulher a comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Dizendo que se a mulher comesse do fruto ela seria semelhante a Deus.

A mulher então comeu e deu ao seu marido do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Os olhos dos dois foram aberto e ambos perceberam que estávam nus e cobriram com folhas de figueira.

Com vergonha da presença de Deus que caminhava no Jardim se esconderam. Sabendo que eles já haviam comido do Fruto da árvore qual eram proibidos, Deus o interrogou e o homem culpou a sua mulher por tê-lo dado de comer, por sua vez a mulher culpou a serpente por tê-la enganada e a serpente foi amaldiçoada por Deus pelo seu feito.


À mulher Deus disse que ela povoaria toda a terra, e com seu sofrimento e gravidez ela daria a luz, e os desejos do marido a dominaria.

Ao homem Deus disse que maldita era a terra por causa dele, por ter comido do fruto o qual Deus havia proibido de comer e com sofrimento o homem o homem alimentaria da terra todos os dias.

Espinhos e ervas daninhas nasceram na terra após o pecado do homem.


"Algo de interessante que me chamou a atenção na leitura deste texto que após o pecado do homem nasceu espinhos sobre a face da terra, o crescimento destes espinhos representam o pecado do homem. Neste momento me lembro que ao ser crucificado foi colocado na cabeça de Jesus uma coroa de espinhos. Mateus 27:29 - Marcos 15:17 - João 19:2 - João 19:5."

O homem com o suor do rosto comercia o pão, até que ele voltasse a terra, ou seja morresse.

O homem Adão deu a sua mulher o nome de Eva, pois ela seria mãe de toda humanidade.

Deus disse que o homem seria como ele tendo o entendimento entre o bem e o mal, Deus colocou o homem para fora do Jardim do Éden e a leste do jardim Deus colocou querubins e uma espada que guardava o caminho que levava até a árvore.

"Algo novamente chama minha atenção, querubins no Jardim do Éden guardando a árvore do conhecimento do bem e do mal. Lembrando que Lúcifer era um querubim ungido antes de sua queda."

Adão teve relações sexuais com sua mulher, ela engravidou e deu a luz a Caim, posteriormente ela engravidou novamente e deu a luz a Abel.

Caim tornou-se agricultores e Abel pastor de ovelhas.

Caim trouxe frutos da terra e ofertou a Deus, Abel trouxe as partes gordas das primeiras crias de seu rebanho. O Senhor aceitou com agrado a oferta de Abel e não aceitou a de Caim.

Enfurecido de inveja Caim matou seu irmão Abel. Ao ser interrogado pelo Senhor Caim negou que tivesse matado o seu irmão. Deus o amaldiçoou, Caim saiu fugido de sua terra e Deus colocou uma marca em Caim, se alguém atentasse contra a sua vida este seria amaldiçoado sete vezes.

Caim conheceu sua mulher e ela engravidou e deu a luz a vários filhos. Caim teve um filho chamado Lameque o qual matou um homem e um menino porque o feriram, e disse Lameque a suas esposas, se Caim é vingado sete vezes, Lameque o será setenta vezes sete.

"Novamente minha atenção é voltada para algo. Pedro discípulo de Jesus certa vez o pergunta mestre até quantas vezes devo perdoar meu irmão até sete vezes, respondendo Jesus disse-lhe, não te digo até sete, mas setenta vezes sete. Mateus 18:21-22"

Eva deu a luz a outro filho o qual deram o nome de Sete.

"Novamente o sete aparece nessa história"

Sete teve um filho o qual deu o nome de Enos, nessa época começou a invocar o nome do Senhor Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário